Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

05/06/2017

# Dia Mundial do Meio Ambiente

Hoje, 5 de junho, é o Dia Mundial do Meio Ambiente.

A data tem como objetivo principal chamar a atenção para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais.

O Álbum de Leitura traz como dica de leitura o livro A casa na árvore, do autor Tino Freitas. A obra, indicada para o público infantil, celebra a união entre o homem e a natureza contando a história de hospitalidade dos moradores do Condomínio Bicharada.


PASSAR A INFÂNCIA COMENDO FRUTA NO PÉ
FOI SUA FONTE DE INSPIRAÇÃO

Jornalista, escritor e contador de histórias, na infância, Tino Freitas vivia pendurado em árvores no quintal de sua casa. “Comi muita fruta no pé: goiaba, manga, jamelão, seriguela, umbu... acho que essa vida em contato com a natureza semeou esta história em mim. Em 2011, a semente frutificou e eu fui em busca de compor uma narrativa que exultasse essa boa convivência entre o homem e a natureza”, conta ele, referindo-se ao livro A Casa na Árvore.


Um novo vizinho se instala no Condomínio Bicharada e os moradores preparam uma festa de boas-vindas. Com esse mote, Freitas promove um divertido passeio pela fauna e flora brasileiras.

Enriquecida com o talento de Lúcia Brandão, com suas ilustrações incríveis, a obra destaca, a cada dupla de páginas, informações reais (o animal e a árvore onde mora) que culminam com um elemento fantástico (o presente que cada animal leva para o chá de casa nova do novo morador). “Gosto muito dessa mistura. De forma sutil, o livro ainda conduz o leitor para um final que valoriza a relação entre o homem e a natureza”, explica o autor.

Ao final do livro, um bônus: Tino, Lúcia e a Melhoramentos mergulharam num longo trabalho de pesquisa sobre a fauna e a flora brasileiras. O resultado é um pequeno glossário com informações curiosas sobre árvores como Araucária, Ingazeiro, Ipê-Rosa e Fieira. “Em meio a esse processo descobrimos, por exemplo, que o Pica-Pau Bufador é a espécime que dá nome àquele famoso sítio da literatura brasileira”, conta o escritor.

E aí? Gostaram da indicação? Se interessaram pela obra e já sabem a quem indicar? Então, não perde tempo!

Beijo!


Nenhum comentário :

Postar um comentário