Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

19/09/2015

Autor da vez # 06

Olá! A autora da vez é Marian Keyes!

Para todos os que conhecem o blog há algum tempo, sabem da minha paixão pela irlandesa e devem de ter se perguntado o porquê de até agora eu não ter feito um post sobre ela. Eu explico: Marian nasceu em setembro, e decidi esperar chegar o mês do nascimento da minha diva para então homenageá-la com classe hehe

Nascida em Limerick, no dia 10 de setembro de 1963, morou em Londres por muitos anos e atualmente mora em Dublin com o marido, Tony.

Formou-se em Direito na Dublin University, porém, nunca exerceu a profissão.

Teve uma fase complicada em sua vida, quando começou na batalha contra o alcoolismo e, inclusive, uma tentativa de suicídio. Depois de superada a situação, alcançou seu sucesso como escritora. Justo ela que dizia que nunca escreveria um romance, publicou 13 e, ambos se tornaram best sellers pelo mundo todo.

Autora do gênero chick-lit, seus livros exploram o universo feminino com humor e leveza, porém sem nunca negligenciar temas delicados, como o vício, a depressão pós-parto, luto, violência doméstica, entre outros. Suas personagens possuem traços realistas, fazendo com que os leitores se identifiquem com a trajetória das heroínas modernas.

Segue os títulos originais e os publicados no Brasil pela Editora Bertrand Brasil.

Watermelon - Melancia
Lucy Sullivan is Getting Married - Casório?!
Rachel's Holliday - Férias!
Last Chance Saloon - É Agora ou Nunca
Sushi for Beginners - Sushi
Angels - Los Angeles
Under the Duvet
Further Under the Duvet
The Other Side of the Story - Um Best Seller pra chamar de meu
Anybody out there? - Tem Alguém aí?
The charming man - Cheio de Charme
The Brightest Star in the Sky - A Estrela mais Brilhante do Céu
Saved by Cake
Mammy Walsh's A-Z of the Walsh Family - Mamãe Walsh: Pequeno Dicionário da Família Walsh
The Mistery of Mercy Close - Chá Sumiço
The Woman who Stole my Life


Quem já leu algum livro dela? Apaixonados de plantão por aí? O que acharam do post? Comentem!

Beijos

17/09/2015

Eu li, e você? # 33

Título: Sushi
Autor: Marian Keyes
Número de páginas: 574
Ano: 2009
Editora: Bertrand Brasil

Sushi narra em terceira pessoa as histórias de Ashling, Lisa e Clodagh. As três moram na mesma cidade e estão em busca da felicidade, pois acreditam que há algo errado em suas vidas.

Lisa é a nova redatora chefe da revista Garota que está para ser lançada em Dublin, na Irlanda. Sempre deslumbrante e poderosa, ela é uma workaholic declarada e, em função disso, foi abandonada pelo marido, Oliver. Além disso, Lisa é muito arrogante e venenosa. É do tipo que se mostra auto-suficiente, mas por dentro, sente-se fracassada.

Clodagh é uma mulher rica e cheia de frescuras. Possui um marido incrível, dois filhos lindos, tem tudo o que quer na hora que quer e adivinhe? Sim, ela está infeliz... Só dá valor a tudo o que tem, ou melhor, tinha, depois que perde... Típico de pessoas egoístas, não?

Ashling é minha favorita e o elo dos núcleos no livro. É uma típica irlandesa, cheia de superstições e é o braço direito de Lisa na Garota e melhor amiga de Clodagh, se é que Clodagh pode ser considerada uma amiga... Ainda mais depois do que aconteceu há alguns anos atrás, entre ela e Dylan, na época, namorado de Ashling.

A história é bem confusa no início e possui inúmeros personagens secundários e importantes, entre eles o poderoso e belíssimo Jack Devine, chefe de Lisa e Ashling, que desde o primeiro instante implica com Ashling, porém acabará se surpreendendo com ela. Além disso, tem também o humorista Marcus Valentine, que na minha opinião, é um palhaço, literalmente!

Quanto ao nome do livro, não posso contar porque o nome é Sushi, senão seria spoiler... hehe





O livro é fascinante como tudo o que a Marian escreve! Fiquei curiosa a cada página lida e me senti envolvida do início ao fim, com ódio de alguns como Clodagh e Marcus, aversão à antipatia e prepotência de Lisa, mas amando Ashling e torcendo desesperadamente para que ela tivesse o final que eu esperava... E adivinhem? Lógico, Marian é especialista em fazer os finais que eu desejo! Simplesmente amei e indico!


CLASSIFICAÇÃO:


ÓTIMO!

15/09/2015

# Voz do leitor

Oi pessoal!
Tudo bem?

Hoje a Niina do blog Vícios & Literatura respondeu às perguntas do quadro Voz do Leitor


Nome: Carolina Fernandes
Idade: 21 anos
O que gosta de ler e o que não gosta: Gosto de ler Fantasia, Ficção, Romance, Thriller psicológico
Livro favorito: Não consigo definir um livro favorito. Seria injusto com os outros, mas de clássicos prefiro Orgulho & Preconceito.
Melhor autor (a) de todos os tempos: Jane Austen
Livro mais chato que já leu: Veronika decide morrer (Nem terminei de ler de tão chato que foi)
Melhor livro lido em 2015: Encontrada - Carina Rissi (obrigada Miiih *--*
Qual livro está lendo? Está gostando? No momento estou lendo dois: O Ladrão de Raios e Perfeitas (Pretty Little Liars - Livro 3). Estou adorando os dois!
Qual livro, em sua opinião, tem a capa mais bonita? São tantos! Sou doida por capas lindas. Na minha estante eu adoro a capa de Adormecida, mas amo várias por aí...
Aproximadamente quantos livros você tem? Acho que tenho uns 55 por aí, hihi

Uma foto de sua estante:



Alguém aí ficou com vontade de responder às mesmas perguntas que a Niina?
Comenta aí!

Beijos

13/09/2015

# Sessão de Autógrafos

Oi pessoal! Hoje venho contar uma novidade incrível para vocês!

Todo bom fã de Julia Quinn deve saber que ela veio para o Brasil, em função da Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Pois bem, como moro em SC, ir para o Rio estava fora de cogitação, ainda mais no último ano de faculdade, quando as coisas começam a complicar... Felizmente, Julia Quinn deu a honra de sua presença em uma sessão de autógrafos em Curitiba. O problema, é que do mesmo jeito não pude ir, em função do trabalho. Mas como para tudo na vida, dá-se um jeito, minha amiga linda, Tainá, mora em Curitiba e ela foi ao evento.

Adivinhem só?!

Sim, ela pediu dois autógrafos para mim! Isso sim que é amiga de verdade não é mesmo? Ainda mais considerando que o Shopping Palladium, onde ocorreu a sessão de autógrafos, é relativamente longe da casa dela. 

Mas mesmo assim, ela não me deixou na mão. Foi lá por mim e olha só o que ela trouxe:




Algumas fotos do evento:





E alguns vídeos:





Gostaram? Eu ameeeiiii *-*

Beijinhos

11/09/2015

Eu li, e você? # 32

Título: Filha da Floresta
Autor: Juliet Marillier
Número de páginas: 616
Ano: 2012
Editora: Butterfly

Passado na velha Irlanda, onde o mito era lei e a magia uma força da natureza, o livro narra a história de Sorcha, sétima filha de um sétimo filho, o poderoso Lorde Colum, dono das terras de Sevenwaters. Sua mãe falecera após lhe dar à luz, porém antes, fez seus seis filhos meninos (Conor, Liam, Diarmid, Cormarck, Finbar e Padriac) lhe prometer que cuidariam uns dos outros, principalmente da pequena menina que acabara de nascer.

Bastante supersticiosa, a população de Sevenwaters vive em constante conflito com os bretões, principalmente os do feudo de Northwoods, pois os mesmos se apropriaram das ilhas sagradas que lhes pertenciam.

Em função disso, Lorde Colum cria seus filhos para serem grandes guerreiros capazes de defender e recuperar o território perdido. Porém, três deles se desviam do caminho escolhido pelo pai. Conor, apesar de jovem é um druida sábio e adepto aos antigos mistérios, Finbar com seu espírito de justiça acredita que a vida é muito mais que batalhar por terras, e Sorcha, que mesmo com 12 anos, possui um vasto conhecimento de ervas medicinais e não irá medir esforços para curar até mesmo o bretão Simon, capturado pelo exército do pai e salvo graças às artimanhas dela e de Finbar.


Desde que a esposa falecera, Colum vivera muito só. O amor que sentia por ela era o mais arrebatador que vivenciara. Porém, um dia volta de uma expedição decidido a casar-se novamente. Não se trata, porém, de apenas outra mulher, mas sim da perigosa e misteriosa Lady Oonagh. Envolvido pelos encantos da megera que anseia destruir Sevenwaters, lança uma maldição sobre os filhos de Colum. Sorcha é a única que conseguiu escapar, mas recebe uma dolorosa tarefa dos Seres da Floresta: permanecer em silêncio durante o tempo necessário, e tecer seis camisas de estrelas d'água, uma para cada irmão. Porém, não será tão fácil assim, afinal, além de a planta ser difícil de ser manipulada em função de seus espinhos, Sorcha está sozinha na floresta, longe de tudo e de todos e passará por experiências que jamais serão esquecidas. Será que a menina será forte o bastante para quebrar a maldição e ter de volta seus seis irmãos? Saberá ela lidar com os extremos com os quais se depara ao longo do caminho; como o amor e o ódio, a vida e a morte, a esperança e o medo??



"Sorcha é o elo que nos mantém unidos. Sem ela, somos como folhas ao vento, soprados sem destino. Somos fortes, sem dúvida, cada um de nós a sua maneira... Mas somente Sorcha pode nos levar para casa." 


Adorei a leitura e devo concordar com todos os apaixonados pela história de Sorcha. O livro é surpreendente do início ao fim, e conseguiu arrancar lágrimas de meus olhos em vários momentos. A história de superação dos sete irmãos me cativou e com certeza Filha da Floresta entrou para os meus favoritos. Apesar de ser um livro bem grande, a autora consegue criar as amarras necessárias para nos envolver da primeira à última página. O que mais me encantou é a intensidade do amor em todos os sentidos presente no livro: o amor de uma família, o amor entre um homem e uma mulher, o amor entre amigos e o amor pelo povo. Além de o livro ser muito criativo, traz uma bela lição de vida, a de que o amor supera todas as barreiras e que se nos permitirmos amar intensamente o próximo, mais dia menos dia, o mal será vencido. Recomendadíssimo!!!

CLASSIFICAÇÃO:


ÓTIMO!