Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23/01/2018

# Parceria Editora Beira-Mar

Olá, galerinha!

O mês de janeiro está com tudo por aqui e hoje eu trago mais uma editora que vai fazer parte do time de parceiros do Álbum de Leitura, a Editora Beira-Mar.


Vamos conhecer melhor este projeto que busca resgatar a história da Beira-Mar de Fortaleza?

Unindo criatividade, empreendedorismo e os parceiros certos, a autora Rachel Garcia decidiu abrir a Editora Beira-Mar que é voltada prioritariamente ao público infantil e visa trazer à superfície literária temas esquecidos, mas que fazem parte da vida de todo cearense. Vem embarcar nessa com a gente!

A distribuição das obras é feita a partir de eventos onde todos os profissionais envolvidos podem interagir com os leitores através de atividades que permitem uma rica troca de impressões e interpretações, assim, a editora busca preencher um espaço vazio que existia no contexto literário local.

O primeiro livro infantil da editora “Da Rua da Frente à Beira-Mar: Histórias de Pescador” é uma adaptação de obra homônima da escritora Rachel Garcia. Esta releitura conta com uma dose de realismo fantástico para despertar nas crianças o prazer pela leitura e, com isso, aprender também sobre a história local. 

A trama acontece quando quatro crianças vão fazer uma pesquisa para um trabalho de escola e acabam mergulh
ando em um álbum de fotografias. Através de uma viagem no tempo, Bia, Felipi, Isaque e Sofia se deparam com a Beira-Mar, quando ainda se chamava Rua da Frente. Na vila de pescadores, eles vivenciam a cultura local e, movidos pela curiosidade, aventuram-se pelo desconhecido. 

Estou radiante com essa oportunidade, para mim é uma honra poder contribuir para um projeto maravilhoso como este. Fiquem ligados que logo trago mais novidades e resenhas para vocês. Enquanto isso, não deixem de visitar as redes sociais da editora:


Beijos!


22/01/2018

# Dica de Leitura # 129

Título: A gente dá certo
Autor: Leonardo Antan
Número de páginas: 120
Ano: 2017
Editora: Rico

* E-book cedido em parceria com a LC - Agência de Comunicação.

Se você tem mais ou menos a mesma faixa etária que eu (24) e se depara com o título deste livro, não te lembra uma certa música da dupla pop mais famosa do Brasil? Pois é, assim que bati os olhos na obra de Leonardo Antan, automaticamente me lembrei de Sandy & Júnior. Ok, mas o que isso tem a ver? Tudo, meus caros. Vou explicar:

Juliana é uma moça de gênio extremamente forte, cursa Jornalismo e joga a culpa de tudo o que acontece em sua vida no seu signo ascendente em Áries. Rodrigo é formado em administração, centrado e dono de um coração gigante.

Os dois já foram os melhores amigos de infância, mas o destino optou em separá-los, deixando muitas mágoas e decepções desta história conturbada. Passados dez anos que não se viam, a vida trata de colocá-los frente a frente em uma festa na Lapa, cujo tema são os clássicos dos anos 2000. É no embalo desses hits que os dois começam a relembrar o passado e "lavar a roupa suja". Rodrigo está prestes a viajar para a Tailândia. Eles têm apenas uma noite. Será que vão conseguir se perdoar? Ainda existe amor ou apenas uma lembrança agridoce?

"É só encarando e mergulhando na tristeza que podemos superá-la."

"Nem tudo vai dar certo, mas a gente tem que tentar... Viver experiências boas e ruins, aprender a viver. Se permitir." 

A obra é um verdadeiro musical, repleto de referências, com destaque especial para Sandy & Júnior, os grandes ídolos dos protagonistas. São citados, também, Claudinho e Buchecha, Art Popular, Os Travessos, CPM 22, Charlie Brown Júnior, RBD, High School Musical, Luka, Rouge, KLB, Tribalistas, Senhora do Destino, Malhação, Chiquititas, A Usurpadora e até Harry Potter e o Senhor dos Anéis! Através da leitura desse livro fui transportada às minhas lembranças da infância-adolescência e cantei muito junto com os personagens, me sentindo um deles. É muita nostalgia, gente! 


Além disso, o autor aborda temas importantes como as dificuldades na transição da infância para a adolescência, perdas, descobertas, preconceitos, orientação sexual, amores, desilusões e, principalmente o amadurecimento. Entre diálogos dinâmicos, alfinetadas e muitas gargalhadas, o livro tem tudo para ser um clichê, mas garanto que não é. O autor soube fazer o desfecho adequado e foi assim que esse enredo me "ganhou".

Se sua idade não estiver entre os vinte e poucos e trinta anos, não se preocupe, tenho certeza de que vai gostar do livro mesmo assim, afinal, os personagens e a narrativa são muito bem construídos, só não vai ter toda a nostalgia envolvida que tem para nós.

CLASSIFICAÇÃO: 

ÓTIMO!


20/01/2018

# Parceria com a Editora Geek Beaver

Olá, galerinha!


Hoje eu trago uma novidade extremamente maravilhosa, o blog fechou parceria com a Editora Geek Beaver! Não estou conseguindo conter a alegria e a empolgação, pois sempre admirei muito o trabalho feito por esta editora e agora tenho a honra de participar do time de parceiros.


Agora, vamos conhecê-la um pouquinho melhor?

A editora foi criada com a proposta de publicar livros destinados ao público infantil, infanto-juvenil e adulto. É um selo de ficção voltado a entreter o público de forma lúdica, ou romântica, ou poética e trazendo aventura na medida certa. Os criadores da editora são os autores da maioria dos livros, mas se você quiser publicar sua obra, basta entrar em contato e enviar seu original.


"Iniciamos nossa trajetória com o livro As Eleições de Aninha, voltado para a conscientização infantil, livro este que ensina de forma lúdica e divertida.  Com linguagem simples, mostra como as crianças podem perceber as mudanças ou as suas necessidades do lugar onde vive. Para crianças do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental I".

Titulo: A Fada Curiosa
Autores: Sibelle Sousa e Gerson L. Aíres
Número de páginas: 64
Ano: 2016

Sinopse:


Clarisse, uma fada protetora da floresta, num de seus passeios, faz amizade com a bruxa Ananda, mas ao cobiçar o que não devia e desobedecer às orientações de sua Rainha, pôs sua vida e a de suas amigas em risco.

Assim, começa a aventura de fadas e demais habitantes de uma floresta muito especial.


Título: O jacaré que andava em pé
Autor: Gerson L. Aires
Número de páginas: 24
Ano: 2017


Sinopse:


Nesse lindo conto, onda a natureza e o homem caminham felizes lado a lado, como uma grande amizade, o nosso jacaré nos ensina que nunca devemos desistir dos nossos sonhos e que sempre encontraremos bons amigos para caminharmos juntos.




Título: O sonho da lagartinha
Autores: Sibelle Sousa e Gerson L. Aires
Número de páginas: 36
Ano: 2017


Sinopse:

No meio de um lindo jardim, nossa amiga lagartinha descobriu cores, formas e o quanto a natureza pode ser tão bela e viva!




Por enquanto é isso, galera! Fiquem de olho nas novidades que, logo, logo teremos mais notícias e resenhas imperdíveis!

Que a nossa imaginação seja o limite!

Beijos!


17/01/2018

# Dica de Leitura # 128

Título: 32 Cartas
Autor: Aguinaldo Tadeu
Número de páginas: 132
Ano: 2017
Editora: 7Letras

* Exemplar cedido em parceria com o autor.

Sabe aquele momento em que precisamos desacelerar e relaxar um pouco? Deixar que a imaginação nos leve para outra realidade e, com ela apreender os ensinamentos e as reflexões que um simples conto pode proporcionar? Estou falando da obra mais recente do autor mineiro, Aguinaldo Tadeu, 32 Cartas, composta por 27 contos, que abrange temas diversos, tais como: amor, trabalho, política, animais, religião, amizade e ambição.

São textos leves, simples, uns mais intensos, outros menos poéticos. E nessa variedade de temas abordados de maneira extremamente cativante e criativa, nos deparamos com este exímio contador de histórias, que sabe nos prender à narrativa do início ao fim, garantindo ora boas risadas, ora lágrimas que insistem em cair tamanha sua sensibilidade em descrever os fatos. Esta é a terceira obra que leio do Aguinaldo e não tem como não admirar sua escrita. Fiquei lisonjeada quando ele me perguntou se eu tinha interesse em ler sua nova obra e me enviou um exemplar autografado.

Os personagens de todos os contos foram muito bem construídos, com destaque especial para André e Ana do primeiro conto que leva o mesmo nome do livro. Além deste, me chamou bastante a atenção a crítica social presente em De professor e a história de superação de Fofinho, um cachorro esquisito e desajeitado que consegue atingir seus objetivos e se tornar um grande cão caçador, ficando eternizado na memória do seu dono e de toda a cidadezinha.

"Certos sorrisos me fazem voar sem asas, cantar sem voz, dançar sem ritmo."

Em suma, a leitura é muito rápida e interessante, os contos são bem curtinhos e creio que o admirador de um bom livro não deixará passar a oportunidade de conhecer temas tão peculiares e enriquecedores.



*** Este livro foi o escolhido do mês de janeiro para cumprir o Desafio 12 Meses Literários 2018, cujo tema era literatura nacional.

CLASSIFICAÇÃO: 

MUITO BOM!


15/01/2018

# Desafio 12 Meses Literários

Oi, galera!

Olha só quem foi que resolveu, pela primeira vez, participar de um desafio literário: euzinha! Hahah



Visitei o blog da Camila Gasana, Cabine de Leitura, em que ela falava um pouco sobre esse desafio que ela também está participando, e resolvi arriscar. Tenho 150 livros na minha estante que não foram lidos, vocês têm noção de quanta coisa que é gente? 


Pois é, então o que eu conseguir ler é lucro! Além disso, eu sempre estou buscando superar minha meta em relação ao ano anterior e, quanto mais, melhor! A ideia é incentivar a leitura e trocar experiências. Esse desafio foi criado ano passado pelo blog  Entre Chocolates e Músicas. Deem uma olhadinha nos temas de 2018:


Me pareceu ser algo "possível". Espero não estar enganada...

A maioria dos participantes já selecionou os livros de janeiro a dezembro. Eu, por outro lado, estou escolhendo um por vez. No mês de janeiro, por exemplo, o meu escolhido foi 32 Cartas do Aguinaldo Tadeu. Eu já finalizei a leitura e em breve tem resenha aqui para vocês.

Para o mês de fevereiro, Anjo Russo da Zia Stuhaug. Em relação aos próximos meses não tenho nada a declarar rsrs um passo de cada vez...

E para comemorar e gratificar aqueles que conseguirem cumprir o desafio, haverá um sorteio no final do ano. Ficou interessado? Não precisa ter blog para participar, basta ter uma conta no Facebook e participar do grupo, clicando aqui. Corre, enquanto ainda é tempo!

Beijos e boas leituras!


13/01/2018

# Especial: Harry Potter e a Pedra Filosofal - Edição Ilustrada

Oi, pessoal!

Hoje vim mostrar um pouquinho da edição ilustrada do primeiro livro da saga Harry Potter. Eu não resisti quando vi que estava na promoção no Submarino e o comprei já há algum tempo, mas na verdade, fiz a leitura recentemente, pois decidi que este ano não deixaria o livro do bruxo mais famoso do mundo parado na estante.

Ilustrado por Jim Kay, o leitor se aproxima ainda mais do universo de Hogwarts com esse trabalho impecável!


      


      




Confira a sinopse e a resenha que fiz de Harry Potter e a Pedra Filosofal;

Sinopse:

"Não faz bem viver sonhando e se esquecer de viver, lembre-se." - Alvo Dumbledore

A vida do menino Harry Potter não tem um pingo de magia. Ele vive com os tios e o primo, que não gostam nem um pouco dele. O quarto de Harry é, na verdade, um armário sob a escada, e ele nunca comemorou um aniversário sequer em onze anos.
Até que, um dia, Harry recebe uma carta misteriosa, entregue por uma coruja: um convite para estudar num lugar incrível chamado Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts. Lá ele vai encontrar não só amigos, esportes praticados em vassouras voadoras e magia para todo lado, como também seu destino, que espera por ele desde que nasceu... Se ele sobreviver a tudo que esta descobrindo, é claro.





E aí, galera? Já leram? O que vocês acharam? Alguém aí tem também a versão ilustrada?

Beijos

10/01/2018

# Dica de Leitura # 127

Título: Harry Potter e a Pedra Filosofal
Autora: J.K. Rowling
Número de páginas: 223
Ano: 2015
Editora: Rocco

Depois de todo mundo ler, reler e se apaixonar a cada página, finalmente, eu pude conhecer a história deste pequeno bruxo e entender o motivo pelo qual é tão amado pelos "Potterheads".

Harry Potter é um garoto de 10 anos, órfão, magricela, com óculos remendados e tratado como estorvo pelos tios Válter e Petúnia Dursley. Mora no armário embaixo da escada, usa as roupas largas e horrorosas do primo gorducho, Duda, e a única coisa que sabe referente aos pais é que eles morreram em um trágico acidente de carro. À medida que o dia de seu aniversário se aproxima, ele começa a receber cartas estranhas confiscadas pelo tio com receio de que descobrisse sua verdadeira identidade. No dia em que completa 11 anos, recebe uma visita inesperada de um homem gigantesco e estranho chamado Rúbeo Hagrid e, a partir daquele momento, Harry descobrirá que não é quem sempre pensou que fosse, que existe um mundo fantástico e inimaginável e que seus pais não morreram em um acidente de carro, na verdade, foram assassinados pelo Lorde Voldemort e como Harry, ainda bebê, conseguiu sobreviver à batalha, leva em sua testa a marca de um raio e a fama de ser um dos bruxos mais famosos de toda a história.

Após descobrir toda a verdade sobre sua vida e que, assim como os pais, também é um bruxo, ele ingressa na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts para se aperfeiçoar. Lá ele faz grandes amigos, Rony e Hermione. Juntos, eles embarcarão em uma grande aventura para ajudar o diretor Alvo Dumbledore a proteger a tão cobiçada pedra filosofal, um objeto poderosíssimo capaz de transformar metal em ouro e produzir o elixir da longa vida, das garras do inimigo.

Confesso que eu esperava algo diferente, tinha um certo pré-conceito, por isso demorei tanto para ler. Mas o livro conseguiu me surpreender de uma maneira bastante positiva e "queimei a língua". Achei a escrita leve, interessante e flui rapidamente. Os personagens e o enredo, de forma geral, são muito bem construídos. Tenho que frisar que Hermione foi uma personagem que conquistou meu coração pela sua inteligência e tenacidade e já é a minha personagem favorita. Não posso deixar de falar que a lealdade de Rony, a excentricidade de Dumbledore, a severidade de MacGonagall, a antipatia de Snape e as trapalhadas de Hagrid são essenciais ao desenvolvimento da narrativa. Achei o estilo de escrita tão gostoso quanto o de Lemony Snicket em "Desventuras em Série", ou seja, aquela ficção infantojuvenil capaz de encantar não apenas jovens, mas também, muitos adultos.

Creio que a maioria dos leitores aqui do blog já conhecem a história, mesmo assim, prefiro não entrar em muitos detalhes, para deixar aqueles que ainda não conhecem a obra bastante instigados a iniciar a leitura e conhecer o maravilhoso mundo de Hogwarts. Vale a pena ler e tirar suas próprias conclusões. Eu já estou ansiosa para começar o segundo livro e descobrir quais aventuras nos aguardam em Harry Potter e a Câmara Secreta.

CLASSIFICAÇÃO: 


ÓTIMO!