Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

03/06/2014

Eu li, e você? # 04


Título: O Lado Bom da Vida
Autor: Matthew Quick
Número de páginas: 255
Ano: 2013
Tradução: Alexandre Raposo
Editora: Intrínseca

Em primeiro lugar, o que mais me chamou a atenção foi a complexidade do personagem principal, Pat Peoples, um homem na casa dos 30 anos que foi internado no "lugar ruim" (mais precisamente, uma clínica psiquiátrica) e que não lembra dos últimos anos de sua vida e de quanto tempo passou isolado. A única certeza que ele tem e, que se agarra com todas as suas forças, é que ama sua mulher, Nikki. Que, segundo ele, é perfeita. Ele exalta suas qualidades ao longo do livro e espera ansiosamente pelo "fim do tempo separados".

Jeanie, uma mulher guerreira e mãe de Pat, resolve tirá-lo do "lugar ruim" e levá-lo para casa, mesmo sabendo que o filho continua mentalmente perturbado e que o retorno não será nada fácil: Pat se sente perdido pois não lembra de seu passado que todos evitam comentar  seu pai evita falar com ele e permanece indiferente, descobre que neste tempo seu irmão casou e que seu melhor amigo teve uma filha.

Enquanto tenta reorganizar sua vida e enxergar o lado bom da vida, conhece Tíffany, irmã da mulher de seu melhor amigo, Ronnie, e que assim como ele também enlouqueceu após a morte do marido. Por serem bastante parecidos, os dois passam a desenvolver uma relação intrigante e complexa...

A narrativa é bastante lenta, no entanto, o que cativa é o diferencial de o livro ser uma espécie de diário de um homem mentalmente em crise, o que faz o leitor compreender o mundo do seu ponto de vista e romper com todo e qualquer preconceito.
Por que não o classifico como ótimo e sim, como muito bom: Primeiro, porque apesar de gostar do final da narrativa, não era o que eu esperava de certa forma (não posso dizer exatamente o que é, senão vou dar spoiler). Segundo, achei meio chata toda aquela história de torcer pelos Eagles e da narrativa de como acontecia o jogo. Essa parte simplesmente, foi muito chata (eu particularmente não gosto de jogos, consequentemente não gostei desta parte).

Mas de qualquer forma, recomendo a leitura deste livro por ser uma leitura leve e interessante e que, com certeza, irá mostrar aos pessimistas de plantão, porque é tão importante enxergar O Lado Bom da Vida.

Leiam e tirem suas próprias conclusões!

CLASSIFICAÇÃO:



MUITO BOM!



12 comentários :

  1. Eu amo esse livro, pena que estragaram feio o filme, mudaram até os nomes dos personagens :(
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Nossa... Não assisti ao filme ainda. Preferi ler o livro antes, já para não me decepcionar... hehe
      Beijos

      Excluir
  2. *o* meu Lado bom da Vida tá esperando a vez dele de ser lido aqui na minha estante,hihi
    quem sabe quando eu terminar o pequenino Grande Sertão Veredas né? haahha
    Adorei a resenha amiiga! E o blog tá lindo!

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amiga!!
      O livro é muito bom :)
      Pois é. Tenho que começar a ler Grande Sertão Veredas também... O bom é que ele é bem curto hahahah SQÑ =P

      Excluir
  3. POxa,achei interessante o livro ! Quando li,também achei chata a narrativa dos jogos, pelo mesmo motivo : não sou muito fã de esportes rsrsrs

    Por fora, me interessei pelo enredo e me identifiquei um pouco com o personagem rsrsrs

    Beijão !
    http://vivasincera.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe pelo jeito nossas impressões foram bastante parecidas, Jayla ;)

      Beijos!

      Excluir
  4. Com certeza as partes dos Eagles são as mais chatas, além de ele falar demais da Nikki, mas outras partes compensam, como quando ele descreve a dança, eu amei!!
    Eu cometi o erro de ver o filme antes do livro... Precisamos assistir juntas, pra falarmos mal dele! Hahah ;P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha Não, aquela parte da dança é power (ainda mais que a música era Total Eclipse of the heart!!!) é verdade precisamos assistir (e falar mal do filme, lógico! rsrs ;P

      Beijos

      Excluir
  5. Eu AMO O Lado Bom da Vida!! Tanto o livro quanto o filme!! Tiffany <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme não assisti ainda, mas o livro com certeza é muito bom *-*

      Excluir
  6. A parte dos jogos é bem entendiante mesmo ._. eu gostei do livro e amei o filme, tem muita coisa que fica muito mais engraçado no filme... tipo ele jogando o livro pela janela e tal UAHAU

    Distrações Diárias
    No YouTube: https://www.youtube.com/user/distracoesdiarias/
    Blog: http://distracoesdiarias.com/
    Fan Page: https://www.facebook.com/distracoesdiarias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha pois é! O filme não assisti ainda... Mas a história em si é muito boa, a única parte chatinha é sobre os jogos, mesmo.

      Beijos!

      Excluir