Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

09/08/2019

# Dica de Leitura # 206

Título: #Acredite
Autora: Eliane Quintella
Número de páginas: 160
Ano: 2019
Editora: Independente

* Exemplar cedido em parceria com a autora.

"É pelo amor que você mergulha de cabeça no escuro e encontra a força que precisava para superar quaisquer obstáculos". 

Em um mundo dividido entre Braites e Lalulis, dois povos tidos como incompatíveis amorosamente, vamos conhecer a Braite Pamela e o Laluli Raul, dois adolescentes que ocupam lugares totalmente desiguais na escala de poderes mágicos e que estão prestes a quebrar regras milenares em nome do amor.

"Se eu acreditasse de verdade na força do amor, deveria apostar de verdade, apostar minha própria alegria, minha vida, meu destino."

Mesmo vivendo em lados opostos da cidade, eles acabam se conhecendo na escola, e ambos têm ciência de que qualquer relação afetiva é extremamente proibida entre seus povos, uma vez que os Braites ocupam uma posição de superioridade e são caracterizados por viverem em um mundo repleto de pensamentos positivos e por possuírem uma magia extremamente poderosa, enquanto os Lalulis ocupam uma posição inferior, apresentam tendências mais racionais e pessimistas, além de serem desprovidos de brilho e leveza. Sendo assim, a união entre eles poderia resultar no enfraquecimento da magia Braite.

Mas está cada vez mais difícil tentar impedir que esse sentimento cresça, pois o garoto de olhos cor de mel não sai da cabeça de Pam; bastava cruzar com ele nos corredores da escola para que seu coração batesse mais forte e uma alegria pulsante invadisse seu corpo. Porém, é apenas quando se esbarram acidentalmente que a jovem apaixonada Braite percebe não ser a única a nutrir sentimentos proibidos.

E é assim que chegam à conclusão de que o amor que sentem um pelo outro é incapaz de mantê-los separados. Mas estariam eles dispostos a pagar o preço em nome do amor? Em uma sociedade convicta de sua crença na diferença entre dois povos, seria possível dois jovens acreditarem que são capazes de mudar o mundo que os cerca e transformar a diferença em semelhança? Será que o sofrimento permitirá que eles fiquem mais fortes? E se o princípio das grandes magias é que o amor é capaz de transformar a realidade, por que recriminá-lo?

"O amor faria tudo valer a pena. O amor era a maior força que existia e dele brotavam sentimentos maravilhosos. O amor é transformador."
"Não evitava as feridas, pelo contrário, eu me expunha a elas para que em algum momento deixassem de doer tanto."
"Nossa força vem do nosso sofrimento e da nossa superação."

Vencedor do "The Wattys Awards", a obra tem uma mescla de contos de fadas moderno, aliada a um romance juvenil envolvente, cuja profundidade da narrativa consegue ser tão intensa a ponto de a analogia construída por Eliane Quintella conseguir nos levar a reflexões pertinentes e bastante atuais, ressaltando temas importantes como preconceito e intolerância.

Perspicaz e inspirador, #Acredite, como o próprio título sugere, é um livro que nos instiga a acreditar no amor, na vida, no mundo que nos cerca e principalmente em nós mesmos. É uma lição sobre fé, perseverança e, sobretudo, amor.

Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e devo salientar que ao receber o livro e ler a primeira frase, já tive a certeza que iria amar! Eliane soube muito bem conduzir o enredo, dando ritmo, leveza e preenchendo a narrativa de significados e belas lições. O único defeito é que acabou rápido demais! Sinto que precisava conhecer mais sobre aquele mundo e toda a revolução que a crença de Pam trouxe à tona perante a sociedade em que vivia.

Esta edição é independente e é possível perceber todo o cuidado que a autora teve com o livro: capa, diagramação, revisão, ilustrações... Tudo lindo!

Se você está em busca de uma leitura rápida, simples e que aqueça seu coração, mas que em contrapartida tenha muito a agregar em sua bagagem como leitor, #Acredite é a obra certa para você!


"Os limites estão só nas nossas cabeças. Nunca acredite neles."
"A magia flui por nossas vidas. Basta estarmos abertos a acreditar."
"Mas foi tudo necessário e importante, sempre é, o caminho guarda as lições que precisamos aprender." 

CLASSIFICAÇÃO: 


ÓTIMO!



Nenhum comentário :

Postar um comentário